Ads Top

O filme Flash seria a chave para a restauração do Snyderverso?

Fala, meus consagrados! Se você não esteve em Marte por certo período, deve saber que a Warner está desenvolvendo o filme de Flash, com Ezra Miller, protagonizando o papel. (Mas se você esteve em Marte, que bom que aterrissou aqui!).

Miller foi apresentado como o Velocista Escarlate da DC, no filme Batman vs. Superman, dirigido por Zack Snyder. E voltou a dar as caras em Liga da Josstiça (2017), no crossover das séries da The CW Crise nas Infinitas Terras e finalmente (em sua forma original, aquela que deveria ter sido apresentada lá em 2017) Liga da Justiça de Zack Snyder (2021).

Desde que o filme solo foi mantido nos planos do estúdio, após o afastamento de Snyder à frente do DCEU, o longa trocou de diretor duas vezes. Rick Famuyiwa e Seth Grahame-Smith se afastaram do cargo por divergência criativas com a Warner. Ficou a cargo de Andy Muschietti assumir a "bronca" e chamo assim porque Andy assumiu uma responsabilidade de atingir expectativas muito altas, não em relação ao filme que o estúdio considera cânone em sua linha do tempo (Liga da Justiça, de 2017) e, sim, ao filme do "universo alternativo" (como o próprio estúdio se referiu), Liga da Justiça de Zack Snyder.

Um dos arcos mais desenvolvidos na versão de Snyder foi a história de Barry Allen e - atire a primeira pedra - quem não se arrepiou com Flash quebrando a regra e voltando no tempo, numa das cenas mais épicas dos filmes de heróis.


Logo, não é difícil saber que os fãs desse "universo alternativo", também conhecido como Snyderverso, possuem receio de não verem mais os personagens em sua forma preferida e construída por Zack Snyder. E com as inúmeras notícias/rumores em torno do filme The Flash, o público acaba não entendendo qual rumo o longa tomará, ainda mais com o elenco presente.

A notícia que bateu como preocupação maior àqueles que temem pelo soft reboot do DCEU, foi a seguinte:


De acordo com @DanielRPK, o filme #TheFlash revisitará todos os outros da DCEU e dará a eles uma nova avaliação. WB usaria #TheFlashMovie para criar um novo filme de Liga da Justiça.


Até o momento, este é o enredo mais concreto que o público recebeu. Batman de Michael Keaton, Batman de Ben Affleck e Supergirl de Sasha Calle, fazem parte do elenco confirmado. Os últimos rumores apontaram que General Zod (Michael Shannon) e Faora-Ul (Antje Traue) estarão no longa.


"Mas ADM, porque você está falando sobre o filme do Flash, se o site é sobre Zack Snyder?".


Meu bom, estou falando isso justamente porque é agora que as teorias e possibilidades brilham para o lado do Snydeverso. E por quê o filme The Flash pode ser um trampolim para abrir as portas dele, na HBO Max.

Mas, antes, sabemos que o Zack está em contrato com a Netflix. Por isso, se você tem dúvidas de como não é impossível ele retornar para finalizar seu arco de filmes (Liga 2 e 3), é uma boa hora para conferir nossa thread explicativa. Outra fala muito usada pelos usuários que tentam desencorajar a tag #RestoreTheSnydeVerse, é que Zack não estaria disposto a retornar e mostramos que é uma fala irreal, da qual o diretor sempre se mostra aberto para retornar a este universo.

Então, vamos à teoria! Direto e reto: A parada é torcer para que de fato separem o DCEU do "Snydeverso".

Para acontecer o Snydeverso na HBO Max (esse é o pedido da tag #RestoreTheSnydeVerse), fica até mais fácil se esse elo for separado. Já que Snyder disse já ter resolvida a história de Liga da Justiça 2 e 3, e que o segundo filme iniciaria exatamente da cena do Pesadelo (Knightmare). Nesta linha alternativa, Aquaman (Jason Momoa) e Mulher-Maravilha (Gal Gadot) estão mortos, o que daria espaço para ambos os atores se dedicarem em seus filmes solos no DCEU, já que são os únicos personagens ativos no universo dos cinemas, não impedindo de retornarem em participações especiais quando a linha for restabelecida para melhor entendimento ao público geral, semelhante como foi com Ezra Miller, em sua participação no crossover Crise das Infinitas Terras, com desenvolvimento maior desses personagens.

 

 

O filme The Flash pode apresentar, de fato, um soft reboot ao DCEU, se pegarmos o rumor que General Zod e Faora-Ul estarão presentes no filme ao lado da Supergirl. Poderemos ver uma possível reconstituição dos eventos de O Homem de Aço, acontecendo com Kara-El, ao invés de Superman, inserindo BatKeaton como um veterano Batman do DCEU, havendo uma troca de personagens nos eventos apresentados até o momento. E onde se encaixaria a participação de Batfleck? Ela sendo pequena ou não, pode ser sim, muito crucial o fato dele estar no filme. E por quê? Talvez, esse seja o evento para anunciar, de fato, o Snydeverso na HBO Max, com uma futura produção do Batman, de Ben Affleck, ao streaming. Afinal, Ben Affleck é o único, além de Ezra, que representa de forma concreta este universo no filme. Seguindo essa linha, seria uma maneira perfeita para um esquenta, até termos Liga da Justiça 2, enquanto Zack está focado na Netflix. Vale lembrar que Affleck era do time de diretores da Era Snyder DCEU. Sem contar que, por fora, podemos ter o lançamento do corte de David Ayer para o Esquadrão Suicida, filme que faz ligação com Snyder Cut.

Para completar essa teoria, um dos participantes do nosso grupo do Telegram - aliás, se você não participa, está aqui um ótimo motivo para ingressar. Esse tipo de conversa rola direto por lá - , apostou que haverão dois Flash dos quais apresentarão essas linhas distintas que farão a divisão do multiverso.

Fotos dos bastidores do filme do Flash podem indicar que terá mais de um Barry Allen no longa.

Ficaria fácil explicar ao público médio que se trata de dois universos. Sendo o Snyderverso (ou a Terra de numeração ideal) o que acontece na HBO Max, com exceção de O Homem de Aço e Batman vs. Superman, o que pode despertar maior interesse nos filmes que irão para o cinema com os personagens que transitam em ambos universos. Já que, estatisticamente os números mostram que o médio público não está buscando o DCEU nos cinemas. Mesmo com o fator pandemia, há um comparativo com as demais produções lançadas na mesma época, e os números mostram que não houve expressividade.

É claro que não estou dizendo que o Snydeverso, mesmo acontecendo no streaming, salvará o DCEU nos cinemas. Longe disso! Mas creio que seria um caminho interessante para a Warner buscar o público que já está consumindo um universo compartilhado, que transita entre cinema e streaming. A prova que isso pode dar certo é o universo subestimado das séries da CW, quando Crise das Infinitas Terras foi um dos assuntos mais comentados no Twitter em sua exibição.

Essa teoria poderia não fazer a mínima lógica, mas nos últimos dias, Snyder Cut tem sido lembrado de forma muito positiva pela HBO Max. Após a presidente da WarnerMedia Entertainment Networks, Priya Dogra, chamar o filme de fenômeno global, um teaser apresentando as produções da DC Comics na plataforma foi lançado com a narrativa-base do Snydeverso.


Foi o que bastou para os mais positivos acharem que o efeito fusão Warner+Discovery dará vida a esse universo no streaming. E aí, o que você acha?

Andre Guilherme

É Andre, sem acento mesmo. Um viajante do Multiverso com Q.I elevado para Legos.

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.