Ads Top

Os fãs de Zack Snyder são tóxicos?


Olá, meus caros. Hoje, nosso quadro "Refutando Haters" será diferente. Ao invés de pegarmos uma típica frase relacionada aos filmes ou personagens do SnyderVerso, faremos um especial. 


O intuito de hoje será pegar uma frase que todo hater usa para desmerecer o fandom como um todo. Depois de várias e várias tentativas de taxar o fandom como um problema, selecionamos a típica frase: "Os fãs do Snyder são tóxicos".


Antes de tudo, precisamos entender como esse fandom surgiu. Zack Snyder já carregava alguns apreciadores de sua arte, desde Madrugada dos Mortos. No entanto, podemos dizer que ele ganhou relevância significativa a partir de Batman vs. Superman.


Em 2017, foi lançado nos cinemas o insulto chamado Liga da Justiça de Joss Whedon. E com as várias imagens de bastidores no Vero e notícias de que aquele filme lançado não era o corte real de Snyder, começou-se uma campanha na internet para que o verdadeiro corte do diretor pudesse ser mostrado.


Em novembro de 2017, o perfil @MoviesThatMaher foi o primeiro a digitar a tag #ReleaseTheSnyderCut, que se espalhou como fogo na internet, principalmente aqui no Twitter.

 


O objetivo da tag era, simplesmente, uma manifestação dos fãs para que Zack Snyder pudesse ter a oportunidade de mostrar o trabalho que havia pensado e idealizado se concretizando, depois de ser altamente desrespeitado pelo estúdio, mesmo diante de uma tragédia familiar.


Por volta de 2 anos e meio, os fãs clamavam e pediam apenas para que o diretor tivesse seu direito artístico resguardado de poder mostrar sua verdadeira visão.


Até que, em Maio de 2020, foi anunciado numa Watchparty com o diretor o lançamento do seu famoso SnyderCut, conseguindo finalmente lançá-lo após 4 anos de luta e batalha na internet.


O princípio inteiro do movimento #ReleaseTheSnyderCut foi apenas para valorizar, honrar, respeitar e fazer justiça a um artista. E ele acabou indo além do próprio entretenimento, conseguindo arrecadar mais de meio milhão de dólares para a Fundação Americana para a Prevenção do Suicídio (AFSP).



Aqui, no Brasil, inspirados na Fundação Americana para a Prevenção do Suicídio (AFSP), nosso Portal SnyderCutBR tem em curso uma campanha de Valorização da Vida, através da CVV.


Digam-me como um fandom que alcança uma meta muito além de um corte de diretor, ajudando uma causa nobre, arrecadando dinheiro e incentivando contra um dos maiores problemas do nosso século, que é o suicídio, pode ser um fandom tóxico?


Obviamente, como qualquer fandom, existem suas maçãs podres, pessoas que merecem esse título, mas nem de longe representam o movimento como um todo como tentam pintar.


Com o SnyderCut lançado, muitas pessoas se maravilharam, superando muito as expectativas do que era esperado com a obra e consequentemente fez com que pedissem mais por aquele universo, surgindo o movimento #RestoreTheSnyderVerse.

 

 

O movimento #RestoreTheSnyderVerse apenas luta para que a visão que fora iniciada em Homem de Aço seja terminada e concluída de forma apropriada com um verdadeiro ponto final. Qual é o mal nisso? Qual é o problema de querer isso? Qual é o pecado nisso?


Você tem todo o direito de não gostar ou não curtir este universo ou estes personagens, mas não tem o direito forçar a sua opinião para aceitarmos o que pensa, para desistirmos ou seguirmos em frente, pois não vamos aceitar. Conforme-se!


Vamos continuar fazendo barulho e levantando hashtag. Continue não gostando se quiser, só não seja um babaca. Lembrando que nosso objetivo não é pedir para CANCELAR ou DESCARTAR os planos atuais do DCEU.


Apenas queremos que honrem o conceito do multiverso que anunciaram para adicionarem a visão do Snyder, como uma das infinitas realidades alternativas que esse conceito é capaz de proporcionar.



Outra coisa que é estranha, é o diretor Zack Snyder ser tão odiado por uma parcela! O cara ajudou em leitos em plena pandemia, estimulou doação de roupas, incentiva a campanha dos fãs sobre prevenção contra o suicídio... São completamente injustas tais afirmações quanto a sua personalidade!


Se você continua destilando seu ódio gratuito por alguém que, além de realizar causas nobres para os outros, onde TODOS com quem trabalha o elogia, o problema está em você. O perverso é você, o mau-caráter é você.


Se você ainda critica os fãs do Snyder por apenas sonhar, acreditar e querer a conclusão de seu arco de cinco filmes e por isso tenta rebaixá-los chamando-nos de snyderbots, snyderminions... Você tem probleminhas!

 

Aos que pensam que nos chamar de "facção criminosa" (???) ou tentar nos intimidar dizendo "dar um socão em snydete" (Sério? Quantos anos vocês têm?), com toda certeza, o "nada" e "vocês" são iguais: Insignificantes, carentes e pobres de espírito.

 

Eles afiam a língua como uma espada. Apontam, como flechas, palavras cruéis, mas aquele que se mantém nas virtudes indestrutíveis da esperança e da perseverança, prevalecerão firmes e inabaláveis. (Salmo 64, 3)

Aos que apenas falam e nada de significante fazem, que só provocam e nada realizam de bom, digo que são como o cão que ladra, mas não morde, ou seja, falam demais, pois não têm nada a dizer.


O que foi feito até agora, é só o começo. Da mesma forma que foi antes, será de novo. A raio cairá duas vezes no mesmo lugar. Aturem ou surtem.

 

Percebi que o bom da vida muito se encontra na arte. Sou apenas alguém que a observa e a deixa se comunicar, permitindo que sua graça se transmita a eu sentir sua excelência. Sendo assim, ela fala sem dizer nada, e na voz do seu silêncio, tornou-se minha amada. Foi assim que descobri gosto por obras primas como O Senhor dos Anéis, Star Wars e DC. E nesse mundo da imaginação, sou aquele fortemente ligado a fantasia e ficção.

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.