Ads Top

As 7 influências cinematográficas no Snyderverse, de acordo com Zack Snyder


Os três filmes de Zack Snyder para a DC Comics está repleto de influências dos filmes favoritos do diretor. Dos clássicos dos anos 40, aos filmes do Batman de Christopher Nolan.

A franquia de filmes DC de Zack Snyder, que começou com O Homem de Aço, em 2013, está repleta de referências, homenagens e inspiração clara dos filmes favoritos do diretor. Quer sejam acenos reverentes, um tom semelhante ou mesmo paralelos diretos, Snyder mostra seu amor por esses títulos ao longo de seu trabalho, mas eles brilham mais em sua saga de super-heróis que incorpora tudo pelo que o diretor é conhecido.


Na persistente discussão em torno do Snyderverse e seu conteúdo temático, algumas pessoas, como Ian Barcher, argumentam que os filmes de Snyder se inspiram nas técnicas do famoso diretor Alfred Hitchcock. No entanto, é importante entender a intenção de Snyder antes que qualquer suposição seja feita sobre suas influências, já que o diretor foi aberto sobre os filmes que mais impactaram seu trabalho.

A Marca do Zorro (1940)

Zack Snyder fez referência ao filme de Rouben Mamoulian, em Batman vs Superman: A Origem da Justiça. A referência pode ser encontrada em um pôster que está pendurado no teatro, em que Thomas e Martha Wayne passam com Bruce, antes de serem assassinados. No entanto, os quadrinhos fizeram referência a esse filme (à versão muda original de 1920) por décadas, como parte da inspiração do jovem Bruce para se tornar um encapuzado vestido de preto.

Nos comentários do diretor, na recente versão remasterizada lançada de seu filme, Snyder confirmou que deu seu próprio toque à homenagem, referindo-se diretamente à assinatura "Z" do Zorro, que cortava na carne de suas vítimas, com a "marca de morcego" de Batman. Ele gravava isso na pele daqueles cujos crimes foram tão terríveis que permitiria que a justiça da prisão decidisse seu destino.

Os Setes Samurais (1954)

O clássico em preto e branco, de Akira Kurosawa, continua sendo um icônico filme histórico japonês que estabeleceu um padrão para filmes de equipe, em todo o mundo. A história envolve o grupo titular de guerreiros reunidos para defender uma vila pitoresca de bandidos que procuram roubar sua colheita. Em uma perguntas e respostas, Snyder discutiu sua influência nos títulos amplamente focados em equipes, em sua filmografia.

A premissa de Os Setes Samurais deve soar familiar. A Liga da Justiça de Zack Snyder é abertamente inspirada no filme de Akira Kurosawa, por razões óbvias, tanto que um antigo pôster da Liga da Justiça presta homenagem a um pôster clássico de Kurosawa.


Essas influências se estenderão ao próximo filme de Snyder para Netflix, Rebel Moon, uma aventura semelhante de construção de equipes, embora ambientada no espaço.

Mad Max (1979-2015)


A série Mad Max que começou com George Miller, em 1979, é uma franquia distinta por seu cenário de deserto pós-apocalíptico, percorrido por bandidos vestidos de couro e tribos em veículos vestidos com armaduras e espigões. Zack Snyder recomendou Mad Max: Estrada da Fúria (2015), em sua lista de indicações de filmes para ser assistidos na HBO Max, inclusive a trilha sonora do longa é produzida por seu amigo e colaborador Junkie XL.


Nos storyboards da planejada sequência de duas partes da Liga da Justiça, ilustrada por Jim Lee e escrita por Geoff Johns, um Batman pós-apocalíptico trilharia, com uma equipe de resistência, num futuro onde a mente de Superman é controlada por Darkseid. É fácil ver as outras inspirações de Mad Max naquela distopia no deserto de ônibus escolares blindados adaptados e fortalezas improvisadas.

Excalibur (1981)

O drama arturiano, de John Boorman, é um dos filmes favoritos de Zack Snyder, e sua influência é sentida em toda a sua obra. No podcast Movies That Changed My Life, Snyder entrou em detalhes sobre como sua visão sobre Excalibur, o motivou para Batman vs. Superman e, como os dois heróis titulares se encaixam no papel do Rei Arthur. "Mitologia" é uma palavra que Snyder gosta de usar e este filme pode ser o motivo.

A influência do filme é vista através de Superman enquanto ele acerta Apocalypse com a lança de Kryptonita, referindo-se ao feito semelhante de Arthur no clímax de Excalibur.

O Senhor dos Anéis (2001-2003)

Indiscutivelmente a maior trilogia de filmes de todos os tempos, a adaptação de Peter Jackson da obra-prima da Terra Média, de JRR Tolkien, permanece no topo da alta fantasia. Ao explicar a estrutura de seu plano de cinco filmes, Snyder comparou sua saga operística de super-heróis a uma espécie de Senhor dos Anéis, com uma história de vários capítulos, iniciando em O Homem de Aço, Batman vs Superman e três filmes sob o título de Liga da Justiça.

Cena "Aula de História" de Liga da Justiça de Zack Snyder


Essa influência pode ser melhor vista na cena "Aula de História", em Liga da Justiça de Zack Snyder, que retrata a invasão da Terra por Darkseid há milhares de anos. Onde uma Terra unida derrotou o tirano gigante até seu retorno inevitável em busca de vingança. É uma reminiscência da icônica sequência de abertura de A Sociedade dos Anéis.

Trilogia de Christopher Nolan, para Batman (2005-2011)

A trilogia de filmes do Batman, de Christopher Nolan, é amplamente considerada o auge do que o gênero de super-herói é capaz. Zack Snyder parece concordar, inspirado pelo compromisso de Nolan em criar uma representação realista do Batman. O co-escritor de Nolan na trilogia, David Goyer, apropriadamente escreveu a visão similarmente realista de Snyder sobre o Superman, em O Homem de Aço, seguido pelo primeiro rascunho de Batman vs Superman, antes de ser substituído por Chris Terrio.

Snyder entrou em detalhes sobre como O Cavaleiro das Trevas abriu as portas para uma nova maneira de contar histórias de super-heróis, e até chamou O Homem de Aço como: "o filme mais realista que já fiz". Essa abordagem, baseada no universo DC, persistiu na história de Snyder desde então.

Watchmen (2009)

Snyder até tirou influência de si mesmo, de sua adaptação para Watchmen, de Alan Moore. Embora seu épico de super-herói versus super-herói inspirado na novela gráfica O Retorno do Cavaleiro das Trevas, Batman vs Superman esta repleto de acenos para a adaptação, há mais acontecendo. Em uma entrevista, em 2016, para o Jornal Wall Street, Snyder chamou o filme de: "a versão impossível de Watchmen".

Assim como Watchmen desconstrói o gênero do super-herói, Batman vs Superman desconstrói Batman e Superman. Em um mundo crível, a moralidade de um Cavaleiro das Trevas mais velho seria quebrada pela escuridão que ele luta todos os dias. E um Homem de Aço, debativelmente ingênuo, seria odiado e temido por uma metade da humanidade ou adorado como um deus pela outra. Apesar disso, o filme termina com a nota subversiva e esperançosa de que o bem ainda existe neste mundo.

Via: Screen Rant.

Andre Guilherme

É Andre, sem acento mesmo. Um viajante do Multiverso com Q.I elevado para Legos.

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.